quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Modificar

Ainda deitada com o cabelo molhado. Eu é que não vou perguntar o motivo de andar tão ensimesmada, já avisei que pensar demais é perigoso e olhar dentro de si pode ser assustador as consequências são imprevisíveis. Mas vou deixar de alertá-la, ela não dá ouvidos quando o desejo nasce profundo. Semana passada chegou aqui com o cabelo curto e disse que não estava ligando se as pessoas diziam que ela ficava mais bonita com o cabelo longo, nisso até entendo porque ela já agradou muito aos outros menos a si mesma, mas assim tão de repente? Estranhei. Ela também anda se estranhando falando em mudanças. Ontem pegou o antigo par do tênis All Star e os colocou no pé, anda cismada com coisas antigas e isso é novidade. Saiu dizendo que ia encontrar um jeito de achar um caminho que a levasse em um tempo antigo. E eu? Ora pois, impedir pra que? Se acreditar que ela consegue romper uma linha antiga do tempo a faz feliz melhor deixá-la sonhar. Quando voltou não quis falar, lavou-se e ficou ali pensando, pensando… Isso sim me assusta, tenho medo do que ela fará quando começar a agir.

2 comentários:

AquilesMarchel disse...

vc é mt boa devia divulgar mais
sempre que posso venho aqui adoro
bjus

Karine Tavares disse...

Teu blog é lindo, parabéns!

Vem conhecer o meu:
leiakarine.blogspot.com